Introdução

MenuDino atualmente está integrado ao CIELO E-COMMERCE (API 3.0). O restaurante faz seu cadastro e então pode fazer a negociação das taxas diretamente com a CIELO. Depois, é só mudar suas configurações diretamente no Consumer, na hora de publicar seu cardápio. Com essa integração, seus clientes podem fazer o pagamento online, no Site e Aplicativo Delivery.

Nas vendas por e-commerce, a responsabilidade das transações é do lojista, por isso, neste manual, traremos dicas de como ter mais segurança nas operações online com cartão de crédito.

 

 

Cadastro com a CIELO e-commerce

Para pedir a integração da CIELO junto ao Consumer e o Site Delivery, você deve enviar uma solicitação com seus dados para a CIELO, através de um formulário online, caso não tenha conta com a empresa. Veja mais clicando aqui.

 

Estorno de Valores

Ao receber um pedido do Site Delivery com a forma de Pagamento Online, se você o recusar por algum motivo, o valor será estornado ao cliente automaticamente:

 

 

Mas, se o pedido for aceito e depois o cliente ou o estabelecimento precisarem cancelar o pedido, será necessário entrar em contato com a Cielo e-commerce para que eles realizem o estorno da venda como crédito para o cliente em seu cartão.

 

Controle Antifraude

O MenuDino possui um controle antifraude que é feito pela Cielo e pode ser ativado ao publicar o cardápio. Esse serviço deve ser ativado junto com a API de e-commerce 3.0, verifique com a Cielo.

Uma vez ativo o serviço anti-fraude, ao marcar essa opção no Consumer, o cliente vai escolher o nível de tolerância para cada transação. Ou seja, a Cielo retorna o risco daquela transação pelas análises feitas por ela.

O risco vai de 0 a 100, e quanto maior ele for, maior é a POSSIBILIDADE de que a compra seja fraudulenta. Nos testes feitos pela equipe do Consumer, o risco ficou na média de 20, por exemplo. No check-out do cardápio do cliente no Menudino, caso a transação caia fora do limite de tolerância que o cliente configurou, automaticamente a compra é estornada e o pedido não chegará ao Consumer.

 

Atenção: Mesmo com o serviço de antifraude habilitado, é importante o estabelecimento ficar atento se a compra está dentro dos padrões normais, como valores, quantidades exageradas e no caso de dúvidas não aceitar o pagamento online ou exigir um documento do dono do cartão de crédito no momento da entrega do produto.

 

Para calibrar o risco antifraude, acesse a aba PAGAMENTO, ative-o e mova a barra:

 

 

Registro de Compras e Nível de Urgência

Além de ativar o antifraude, é importante ficar atento se o cliente fez muitas compras sucessivas em um curto período de tempo ou se ele está com muita pressa em receber o produto que adquiriu. Isso porque os fraudadores costumam ter pressa ao realizar compras, para não serem identificados.

 

Análise do Pedido

Verifique se o mesmo cliente fez várias compras utilizando cartões de crédito diferentes, e se o valor é considerado alto para o ticket-médio da sua empresa e do seu cardápio. Além disso, fique atento em pedidos diferentes de alto valor para o mesmo endereço.

 

Identidade

Se desconfiar da compra, solicite um documento do proprietário do cartão que foi inserido no Pagamento Online, no ato da entrega.

 

Histórico

O Consumer te ajuda com o banco de dados dos clientes, armazenando históricos de compras (finalizadas ou não), formas de pagamento e todos os detalhes dos pedidos. Isso é importante para identificar qualquer tipo de fraude futura, e inclusive, um recurso muito interessante para identificar o cliente suspeito é marcar uma TAG no seu cadastro, veja:

 

 

Dessa forma, quando o cliente fizer o pedido novamente com os mesmos dados, você poderá recusar o pedido se ele tiver esse tipo de TAG:

 

 

Seguindo as dicas acima, você oferece uma compra mais segura tanto para você quanto para seu cliente.

Este artigo foi útil para você?