Introdução

O Consumer permite com facilidade que você gerencie a taxa de serviço, podendo também definir para quais produtos ela deve ou não ser cobrada. Existem duas maneiras de se utilizar a gorjeta no programa Consumer, e neste manual iremos mostrar como elas funcionam, tudo de acordo com os dados fiscais exigidos pelo SEFAZ e a lei vigente.

 

Rateio automático no pedido

A maneira padrão que o sistema utiliza é a de ratear proporcionalmente o valor total da gorjeta entre os itens do pedido que possuem configuração de gorjeta, ou seja, é realizado um acréscimo no valor final do item e a tributação deste valor é a utilizada no produto do item. Veja abaixo que o sistema calculou o valor da gorjeta automaticamente, pois no cadastro desses itens ela é permitida:

 

 

Clicando em Taxas e Descontos, no canto inferior esquerdo, é possível alterar a porcentagem da gorjeta, se for esse o caso:

 

 

O valor da taxa de serviço será impresso no Cupom Fiscal do cliente:

 

Gorjeta como Item

Para utilizar a segunda maneira, o cliente precisa marcar a configuração Habilita gorjeta como item na aba Gorjeta disponível dentro das configurações fiscais. Este modo permite utilizar duas configurações distintas para a tributação das gorjetas pois, em alguns estados, o valor de gorjeta de até 10% do valor total do pedido é livre de impostos e, caso haja valor sobressalente aos 10%, existe uma tributação a ser paga sobre este valor excedente. O percentual entre a gorjeta e gorjeta excedente também é configurável através do sistema.

Para isso, vá até a aba Apps -> Cupom Fiscal -> Configurar:

 

 

Depois, na aba Gorjeta, habilite-a como item e defina a porcentagem:

 

 

Por exemplo, imagine um pedido no valor de R$ 100,00 que possui um valor de R$ 12,00 de gorjeta. Por padrão, o sistema utilizará as configurações fiscais do item Gorjeta para calcular os impostos dos R$ 10,00. Em seguida o sistema utilizará as configurações do item Gorjeta Excedente para calcular os impostos do R$ 2,00 restantes.
Neste cenário, na emissão da nota fiscal, aparecerão dois itens descrevendo o valor de cada um dos itens gorjeta.

 

Veja abaixo um exemplo de configuração de dados fiscais de gorjeta:

 

 

Vale lembrar que não é recomendado substituir os itens Gorjeta e Gorjeta Excedente na janela de configurações, pois eles são criados especificamente para este fim. O que deve ser feito são apenas as configurações na aba Fiscal para que a emissão da nota fiscal seja realizada corretamente, de acordo com a legislação.

 

Para saber como gerar o relatório de comissão dos garçons, clique aqui.

Este artigo foi útil para você?